Os parlamentares Saulo Acioli (PSDB), Godoy de Bartô (PMDB), Amós (PSC) e França da Saúde (PSC) visitaram o antigo prédio da Câmara de Vereadores dos Palmares no dia 16 de fevereiro, com objetivo de dar início à reforma do imóvel público. Durante a ocasião, eles avaliaram a estrutura e acompanharam a limpeza do local.

De acordo com presidente do Poder Legislativo, Saulo Acioli, a reforma do antigo prédio oferecerá um espaço muito melhor para servir à população, além de garantir a economia do dinheiro público. “Há um gasto público de R$ 4.500 mensais e lá nós teremos como economizar”, explicou.

Investir na reforma também é investir na história do município, segundo o presidente. “O único patrimônio da Câmara de Vereadores é o antigo prédio. Por ser um prédio histórico de Palmares, a gente precisa recuperar”, ressaltou.

O prazo estimado para o término da reforma é o primeiro biênio do mandato. “Já pegamos a liberação junto ao Governo do Estado para poder mexer no prédio, pois aquela área ali estava toda interditada. A próxima etapa agora é entrar na licitação de projeto para a gente executar. Tendo o projeto, vamos abrir licitação para as obras da reforma. Todo o processo é muito burocrático, temos fazer as coisas direito, de forma legal, sem atropelar as etapas”.

Sede do legislativo está desativada desde 2010

Câmara Municipal – A Casa Manoel Gomes da Cunha, sede do Legislativo de Palmares, foi atingida pela enchente de 2010 e desde então está desativada. Desde então, a Câmara funcionou primeiramente em um prédio alugado na Rua da Aurora. Na época as sessões da Câmara aconteceram na sede da Associação Comercial dos Palmares, e em seguida, passaram a ocorrer no Cine Teatro Apolo. Atualmente, todo o funcionamento do Legislativo é em um imóvel alugado na Rua Coronel Izácio, no Centro da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *